Pai workaholic vira fábrica de alienígenas

Ir em baixo

Pai workaholic vira fábrica de alienígenas

Mensagem por TiNoSa em Seg Nov 05, 2018 6:43 pm

Esse título parece sensacionalista, mas aconteceu, é a continuação dos relatos da vida do meu personagem no The Sims, que contei nesse blog aqui. Obs: é só abrir as imagens numa nova janela caso queiram ver em tamanho maior.

Depois da vida de Akagi tomar outro rumo após ser abduzido e parir uma alienígena, finalmente resolvi casá-lo com o vizinho com quem ele estava namorando. O casamento foi feito no próprio quintal da casa, com alguns poucos convidados. Tive que aceitar as mudanças da vida dele, dizer adeus ao lobo solitário que eu havia criado no começo do jogo. A Matryona, sua filha, já se dava muito bem com o namorado do pai, que praticamente já vivia na casa dele (sério, ele aparecia na casa todo dia) e agora ela teria um segundo pai oficialmente. Tive que dizer adeus ao trailer também, já que era impossível comportar 3 pessoas nele, então construí uma casa no mesmo terreno.

 
A casa nova, com uma instalação nos fundos para comportar um monte de coisas feat. o dia do casamento

Depois de alguns dias, adivinhem... O marido dele é abduzido também. E, sim, ele retorna grávido. Oh well... Mais uma alienígena integrante na família, uma de cada pai agora.

 
Momento de abdução e depois, durante o parto

Akagi se desdobrava pra cuidar de todos, já que era o que tinha as maiores skills pra tudo na casa. Passou a fazer comida em maior quantidade e guardar na geladeira, tinha uma rotina de quanto e quando fazer. Fazia pratos salgados, pães e doces também. Além de fazer praticamente toda a comida consumida na casa, também era ele quem fazia a limpeza em tempo recorde, consertava as coisas da casa, limpava banheiro, etc.

 
O quarto novo das meninas e Akagi cozinhando enquanto conversa com as duas filhas

Se Akagi virou dono de casa e desistiu de sua vida profissional? Jamais! Mesmo Akagi juntando uma bela grana, que daria pra viver pelo resto da vida tranquilamente (se a família não fosse imortal), a realização profissional estava no DNA dele (ou no meu, né), era um workaholic convicto. Akagi não parou, continuei upando todas as suas skills. Pescaria, piano, violino, carisma, preparação de bebidas, etc, etc. Ele também frequentava a academia e treinava boxe, corria na esteira (num desses dias ele saiu nos socos com uma outra cliente da academia), perdeu bastante peso e ficou fortão e quem engordou foram o marido e as filhas. Pena que de tanto ficar ocupado, a planta-vaca morreu no processo e só restou o esqueleto no jardim.

 
Treino na academia e prática de violino

 
Para aumentar o carisma, ele tocava e fazia stand-up, além de ser o pescador mais estiloso que vocês já viram

Mas se tem algo viciante nesse The Sims, são os itens colecionáveis do jogo. Uma das coisas que Akagi mais passava tempo fazendo era andando pela cidade em busca de sapos diferentes em bicas d'água, fósseis, pedras preciosas, até revirando latas de lixo da cidade atrás de ovos coloridos. Todos os dias ele chegava em casa cansado e imundo por causa disso. E ele ainda trabalhava! Sim, tinha um emprego de 6-8h por dia! Algumas vezes ficou tão ausente que ele e o marido começaram a se distanciar, mas uma investida na reaproximação fez o relacionamento voltar aos eixos.

 
Desbravando uma das cavernas dos arredores da cidade

Depois de muito trabalhar, resolvi fazer a família tirar umas férias numa grande reserva florestal, com direito ao melhor chalé. Claro que não foi sem segundas intenções. Enquanto o marido e as filhas passavam os dias no chalé isolado, se divertindo com jogos ao ar livre, aproveitando as férias, Akagi passou a maior parte do tempo enfiado no mato, pescando peixes raros, caçando sapos, fósseis e pedras na floresta, comendo restos de comidas dos outros em churrasqueiras espalhadas pela reserva florestal e dormindo em bancos de madeira... Ele até encontrou um urso (chegaram a pescar juntos) e um espírito revoltado, com quem conversou um pouco para conseguir acalmar, quase ficaram amigos até.

 
Akagi pescando com o urso (isso porque nem estava na Rússia) e conversando com o espírito revoltado na floresta

Numa dessas andanças, encontrou uma velha eremita que morava isolada na floresta, aproveitou para socializar um pouco (ele já estava à beira da tristeza de tão errante), aproveitou pra dormir no sofá dela (bem melhor que os bancos de madeira pela floresta, ou o chão batido) e ainda levou consigo algumas plantas da horta da mulher. Quando finalmente voltou ao chalé, perto de as férias acabarem, seu relacionamento com o marido e as filhas estava precisando de sérios reparos. Passou o resto do último dia interagindo com todos o máximo que pôde para poderem voltar pra casa e recomeçar a rotina de sempre. Maldito pai ausente que deixa a família em segundo plano...

 
Alagi conversando com a eremita da floresta. O lugar era muito bonito como podem ver

E por falar em pai, Akagi foi abduzido pela segunda vez... Esse jogo tava de sacanagem, né? Desta vez, fiz com que o filho se tornasse adulto logo. Três já era demais. Mandei o terceiro filho morar na casa vizinha, antiga casa do marido de Akagi.

 
Akagi sendo abduzido mais uma vez e seu terceiro filho, no dia do aniversário de maioridade

Depois de um tempo, mais uma abdução. Mesma coisa: fiz ficar adulto logo e mandei pra casa ao lado... E outra... E outra.... Maldita alienígena abdutora, sempre a mesma polinizadora, essa maluca havia transformado meu personagem numa fábrica de alienígenas. A casa ao lado já estava lotada de filhos do meu personagem, sem falar que a mesma polinizadora abduziu o próprio filho (o terceiro) depois que ele já estava morando na casa ao lado. Meu personagem já tinha virado até avô do filho com a mãe dele PQP.

 
Superlotação de aliens e Akagi visitando seus descendentes

Depois de transformar a casa ao lado num semi-prédio (tinha três andares de quartos) com vários filhos meus e 2 netos (fora as duas que moravam comigo), dei um basta. Todas as vezes que meu personagem foi abduzido de novo (e não foram poucas), assim q nascia a criança, eu mandava ir “para o planeta de onde veio”. Isso tudo sendo que eu já estava há algum tempo usando uma antena anti-abdução em casa, mas que precisava ser reativada a cada 24h, e nas vezes que eu esquecia de ativar, adivinhem...  Rolling Eyes

Akagi se livrando do enésimo filho

Eu nunca soube de ninguém na história do The Sims 4 que foi abduzido tantas vezes, com uma taxa de 100% de gravidez. Bug? Não sei, só sei que fiquei indignada kkkk.
Pior que nem parei de jogar por causa disso. Tive que dar uma pausa porque comecei a focar mais ainda nos estudos e desde então, não tive uns dias de folga pra descansar e jogar nada. Tive que formatar o pc uns meses atrás, mas tenho o save do jogo ainda. Quanto mais estudo, mais eu tenho vontade de continuar jogando essa doideira, aofjadiojfdji, ainda preciso terminar a coleção de itens do jogo e colecionar muito mais coisas, inclusive os itens desbloqueados com ascensão de carreiras. Ele já estava na terceira ou quarta. Só não sei quando terei tempo de voltar Sad

_________________


Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 20067
Ka$h : 91970
Likes : 478
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 26
Localização : beyond the black rainbow


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pai workaholic vira fábrica de alienígenas

Mensagem por Kat Loka em Ter Nov 06, 2018 12:33 am

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Akagi é sexy demais. As aliens não resistem.
avatar
Kat Loka
Suicidal Singer
Suicidal Singer

Prontera Masculino
Título de Nobreza : Duque(sa) de Prontera
Mensagens : 712
Ka$h : 12026
Likes : 31
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 28
Localização : To na luta.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum